AS MULHERES MAIS POLÊMICAS DO MUNDO DA MÚSICA

O clima no Brasil está propício para a música, principalmente com os grandes festivais finalmente voltando a acontecer em território nacional depois de quase 2 anos sem. Com o Lollapalooza e o Rock in Rio chegando, e com outros novatos para os brasileiros, como o Primavera Sound, anunciando edições nacionais. E entre os participantes de cada festival, sempre existe aquela pessoa polêmica e que divide opiniões. Com isso em mente, separamos aqui algumas das mulheres mais polêmicas da música, seja essa polêmica positiva ou negativa.

MADONNA

A rainha do pop coleciona inúmeras polêmicas durante sua longeva carreira, ao ponto que fica difícil escolher apenas uma. Marcada por inúmeras ações à favor da liberdade feminina ao longo de todos os anos, Madonna foi durante todo esse tempo uma das mulheres mais polêmicas da música, os clipes de Like a Prayer fizeram a cantora perder um patrocínio da Pepsi, enquanto na década de 90 ela lançou seu infame livro onde a cantora mostrou que não possuía e nunca possuiu medo de mostrar seu corpo de forma mais íntima. 

Mas tudo isso só ajudou ainda mais a cantora a impactar futuras gerações, com grandes nomes atuais como Lady Gaga, Beyoncé, Adele e até Taylor Swift citando a rainha como uma inspiração.

AZEALIA BANKS

A rapper americana pode não ser a pessoa mais famosa do mundo mas a sua lista de desafetos é tão grande que não conseguiríamos citar nem metade dela aqui. Azealia iniciou a sua carreira em 2011 com o single de sucesso 212 e a mesma lançou vários pequenos hits ao longo desses mais de 10 anos no mundo da música, porém, a quantidade de polêmicas na qual ela se meteu é capaz de tornar a americana facilmente em uma das mulheres mais polêmica da música.

Citando apenas algumas aqui: em 2013 ela atacou organizações LGBTs americanas sobre o direito de usar palavras pejorativas pois a mesma é bissexual e por isso não conseguiria ofender ninguém. Ela discutiu e trocou farpas com outras pessoas famosas por redes sociais, incluindo nomes como: A$AP Rocky, Lady Gaga, Jay-Z, Kendrick Lamar, Rihanna e até mesmo Pabllo Vittar. 

Além disso, outros episódios envolvendo brigas, a Irlanda e a Suécia e até mesmo fotos explícitas marcaram a carreira de uma das mulheres mais polêmicas da música.

JANET JACKSON

A irmã de Michael Jackson conquistou o seu espaço na música pop e conseguiu se tornar uma das artistas mais bem vendidas da história com mais de 100 milhões de discos vendidos, porém a sua carreira entrou em uma queda livre em 2004 por conta de um problema na sua roupa durante uma apresentação no Super Bowl. Ao final da apresentação da cantora com Justin Timberlake, o cantor acabou puxando parte da roupa que Janet usava, revelando por menos de 1 segundo um dos seios da cantora.

Esse incidente fez com que Janet Jackson fosse bloqueada das rádios e das TVs americanas, enquanto nada aconteceu com Justin Timberlake, além disso, o nome da cantora foi um dos mais pesquisados durante o ano de 2004 e 2005, se tornando uma das mulheres mais polêmicas da música, mesmo que nunca tivesse tido a intenção.

TAYLOR SWIFT

A cantora estadunidense é uma das personalidades mais populares do mundo da música a alguns anos já, e isso não a impediu de se envolver em polêmicas, sejam elas de forma direta ou indireta. Já em 2009, no começo de sua carreira, ela se envolveu em uma polêmica quando o rapper Kanye West invadiu o palco e tomou o prêmio dela durante o VMA, mais tarde essa polêmica voltaria a repercutir, quando em 2016, Kanye diz em sua música Famous que ele e Taylor deveriam transar pois ele a fez famosa, mais tarde, a ex-esposa do rapper, a socialite Kim Kardashian mostrou gravações onde Taylor tinha conhecimento da letra e a chamou de cobra. Taylor então usou o tema de cobra para o tour de seu novo álbum. 

A cantora também foi criticada por várias mídias mais tradicionais por conta da quantidade de namorados famosos que ela teve e que mais tarde virariam música nos álbuns de Taylor. Em 2019, ela declarou que iria regravar todos os seus álbuns antigos por conta de uma disputa judicial com o produtor Scooter Braun, que comprou a gravadora que Taylor fez parte no início de sua carreira e com isso todos os direitos dos álbuns iniciais da cantora.

Essas e outras polêmicas ao longo de sua carreira ajudaram a marcar a trajetória da cantora em seu estilo musical e mesmo contra a sua escolha, acabaram por transformar Taylor em uma das mulheres mais polêmicas da música.

https://wa.me/551132302440