TRANSFORMAR A CASA EM UMA SMART HOME? CONHEÇA SOBRE A REFORMA 4.0

Vem surgindo uma novidade no meio da tecnologia com o objetivo de deixar os nossos lares ainda mais conectados. Por meio de redes wi-fi e de sinais infravermelhos, aparelhos de Smart Home podem transformar o nossa casa para um daqueles que víamos nos filmes e achávamos que seriam coisas impossíveis, porém, está cada vez mais fácil ter em seu lar tecnologias parecidas com a dos cinemas sem precisar ser um Tony Stark.

A melhor parte disso tudo é que você não precisa recriar sua casa do zero e construir uma nova no lugar, apenas alguns aparelhos de Smart Home são o bastante para transformar por completo sua experiência e permitir que tenha uma casa automatizada.

Os aparelhos de Smart Home mais comuns para realizar essa automação são por meio do Amazon Alexa e do Google Home, dispositivos alto-falantes que por meio da Internet e do sinal Wi-Fi podem se conectar com equipamentos eletrodomésticos que também usam Wi-Fi, como TV, tomadas e lâmpadas especiais, porém elas enfrentam o problema de precisarem estarem sempre conectadas ao Wi-Fi.

E SE EU NÃO QUISER WI-FI?

Caso você queira deixar sua casa de forma inteligente sem a utilização do Wi-Fi por medo de quedas de energia, você pode utilizar produtos que contam com o protocolo ZigBee. Esse protocolo foi desenvolvido por grandes marcas no sistema de automação, como a LG e a Samsung, ele é um meio de comunicação sem-fio para que equipamentos que utilizam uma baixa quantidade de bateria possam se comunicar sem a necessidade de Wi-Fi. Por utilizar uma comunicação que funciona somente entre os aparelhos, ele é mais seguro contra invasões indesejadas em sua rede e protege sua casa, enquanto ainda não muito popular no Brasil por conta do alto custo quando comparado à aparelhos de Smart Home comuns, eles já estão se tornando uma opção comum para quem busca de conectar com o lar sem usar a internet.

O QUE ESPERAR DO FUTURO?

Atualizações e upgrades aparecem todos os dias no mundo da tecnologia, e em um mercado ainda em fase inicial como é o caso dos aparelhos de Smart Home, o futuro ainda é incerto, porém novidades no setor de automação com o uso das IA, inteligências artificiais, que podem ser armazenadas em um servidor doméstico e quando treinadas e conectadas com a casa permitem inovações dignas de filme.

Enquanto ela já existe, mas não ainda pronta para o consumidor final, é possível treinar uma IA para que ela reconheça os ocupantes da casa pelo rosto, e com informações salvas em um servidor interno, regule a temperatura de cada ambiente baseado na preferência de quem está nele, apague e acenda luzes conforme a pessoa for caminhando pela residência e até mesmo toque uma playlist para que o morador se sinta em um filme dentro da própria casa.

https://wa.me/551132302440